Segurança na Itália – Veneza

Hoje, o blog Onde está Andrea, em colaboração com outros blogues de viagens na Itália, irá discutir sobre o tema “Segurança na Itália”.

Um tema delicado e que envolve muitas questões sociais e políticas. E nós que trabalhamos com o turismo temos o dever de esclarecer e orientar os turistas da melhor forma possível.

Antes de mais nada, a Itália não está classificada como um país de alto risco de segurança (a ONU classifica anualmente os países) e o que acontece na maioria dos casos são furtos e roubos de ladrões de oportunidade.

E como em qualquer lugar do mundo, em alguns pontos, precisamos tomar cuidado, mas não ao ponto de deixar de viajar para a Itália por causa de situações isoladas. Completamente diferente do Brasil, que muitas pessoas são aconselhadas a não viajarem ao nosso país por causa da constante insegurança. Infelizmente, porque o nosso país é maravilhoso.

O meu cotidiano

Além de trabalhar com brasileiros, eu trabalho em duas estruturas hoteleiras, e estou em contato com muitos turistas de todo mundo. O meu cotidiano é ouvir história de viagens de americanos, chineses, coreanos, franceses, entre outros rodando pela Itália. E raramente escuto histórias de roubo ou furto.

Leio diariamente o Jornal “Corriere della Sera”, um dos principais jornais italianos e sinceramente, alguns relatos nunca li.

A minha rua

Sou santista e morei muitos anos em São Paulo e estava muito cansada de viver a todo instante com receio de ser assaltada. E essa é uma das razões que escolhi Veneza para morar.

Em 2001 mudei para a Itália, e nunca tive problemas em relação a isso, exceto algumas situações que explicarei abaixo. Atualmente, a Itália de 14 anos atrás não é a mesma por uma infinidade de argumentos.

Ressalto que apesar desta mudança, não tenho mínimo receio. Vivo sozinha e a maioria das vezes faço tudo sozinha. Moro no centro histórico de Veneza há 9 anos e nunca tive nenhum problema.

 

Como é Veneza?

Quando cheguei à Veneza, confesso que tinha um certo receio de caminhar pelas vielas à noite, pois são mal iluminadas e vazias. E aos poucos, fui me acostumando e que era apenas um resquício da insegurança paulistana, no qual os nossos parâmetros de violência são fora do normal.

E ela é inofensiva.

O que acontece em Veneza?
Durante o dia, Veneza é uma cidade que possui um fluxo turistico muito intenso nos principais pontos turisticos como a Praça de São Marcos e Rialto.

Por ser uma cidade que precisamos caminhar em ruas estreitas o contato entre as pessoas é maior, e a oportunidade faz o ladrão. Portanto, eu sempre aviso à todos os meus clientes para tomarem cuidado nos pontos de maior fluxo.

O ladrão pode ser qualquer um, morador ou turista para as más intenções não existem nacionalidades e classificá-lo que seja um italiano ou um cidadão de qualquer outro país é leviano.

Estamos na Itália e todos falam a lingua italiana. Ninguém vai te roubar na Itália falando chinês…

Atualmente, a Praça de São Marcos tem constantemente policiais civis e militares para manter a ordem e defender os cidadãos / turistas em qualquer caso.

Manter a ordem significa depredações e situações contra o pudor. As pessoas não têm respeito com o patrimônio cultural.

À noite, a cidade é muito tranquila e eu caminho tranquilamente sozinha até mesmo de madrugada (2:00-3:00 horas da manhã) (o que jamais faria em São Paulo ou Santos, infelizmente).

E o máximo que encontro é um bêbado perdido…

Não Lugares

As estações de trem, os pontos de ônibus e praças são pontos de encontro, e você pode encontrar todo tipo de gente. E geralmente é o encontro dos grupos de imigrantes, e é necessário ter cuidado em qualquer lugar do mundo. Não apenas na Itália!!!

Creio que a Estação ferroviária Veneza Santa Lucia seja uma das mais tranquilas da Itália. Durante o verão, perambula todo o tipo de pessoas e um cuidado extra faz bem. Já na Estação ferroviária Veneza Mestre, a situação é diferente, e precisa-se ter cuidado a uma certa hora.

O que sugiro (#ficaadica):
1. Não andar com o passaporte original, prefira utilizar a fotocópia e deixe o original no hotel;
2. Em locais de alto fluxo turístico, estar atento. Em Veneza, significa Praça de São Marcos, Rialto e vaporetto (ônibus de água);
3. Em casos de furtos e roubos, ir à uma delegacia (questura) para que sejam registrados todos os casos e assim ir ao conhecimento público;
4. Os vendedores ambulantes insistem na venda, portanto não peguem nada mesmo eles falando que é de graça!
5. No caso específico de Veneza, existem 428 gondoleiros na cidade e pode ter um mal intencionado. Os preços são expostos e contrate antes de começar o belíssimo passeio de gôndola. O mesmo acontece com táxi de água e de terra, contrate o valor sempre!!
6. Todos os restaurantes e bares expõem os seus preços, portanto certifique que você não terá problemas de valores astronómicos ao se sentar em um estabelecimento comercial. O que você acha absurdo para o estacionamento comercial, não, pois existem valores agregados! Então, evite constrangimentos ou situações as quais você pense estar sendo roubado.
7. Utilize sempre profissionais credenciados para evitar trufas.
8. Reserve hotéis com licenças, apartamentos com contratos e assim por diante. O barato pode sair caro.
9. Viagens de trem noturnos, escolham sempre a primeira classe. Já viajei de segunda classe e não é muito bom… No meio da viagem, pulei para a primeira.
10. Viagens de trem, coloque sempre o cadeado na sua mala. Até os trens denominados direto, fazem paradas nas principais cidades e tem sobe / desce de pessoas. E a oportunidade faz o ladrão!!
11. As delegacias estão localizadas nos principais pontos turísticos. A embaixada e consulado possuem número de emergência. E se você tiver algum problema, entre em contato com a recepção do seu hotel que irá ajudá-lo!

 

A Itália, assim como toda a Europa, está passando por um momento de transformação. Portanto, temos que conviver com as mudanças de forma positiva e construtiva.

São países que devem ser visitados, e não existem razões de alarmes inúteis. Existem situações desagradáveis como em qualquer cidade no mundo, e nós, brasileiros, sabemos o que é fora do comum.

Esperamos um dia recebemos com um BENVENUTI IN ITALIA!

Blogagem coletiva sobre Segurança na Itália com blogs participantes são:

Passeios na Toscana
Descobrindo a Sicilia
O Guia de Milão
Italia para Brasileiros
Keviagem
Milão nas Mãos

Anúncios

3 comentários em “Segurança na Itália – Veneza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s